5 de junho de 2014

A PALAVRA DA VINHA E SUA APLICAÇÃO



Isaías 5: 1-30

Sermão III. O Juízo e o Exílio Preparados para Israel. 5:1-30.

A. Produto Mau da Vinha do Senhor. 5:1-7.Cronologicamente, esta é a primeira vez que a vinha aparece como símbolo de Israel. No V.T, a figura toma a aparecer em Jeremias 12:10 e no Salmo 80. No N. T. ela aparece na Parábola dos Lavradores Perversos (Evangelhos Sinóticos), e, com adaptação especial, no discurso de Cristo sobre a videira e os ramos (Jo. 15). Meu amado talvez se refira não a Deus (pois este termo, dôd, não foi usado desta forma em nenhum outro lugar), mas a algum amigo de Isaías que sofreu tal desapontamento em sua vinha. Contudo, a maneira pela qual o profeta se identifica com este "amado" em Is. 5:4 indica uma união mística entre eles que melhor se aplica ao relacionamento de um profeta com Deus cujo porta-voz ele é.
Que pecado indesculpável foi o de Israel, produzir fruto tão mau quando Deus lhe concedeu todas as vantagens possíveis em uma terra linda e fértil! Seu inevitável castigo devia ser a remoção de sua cerca protetora e a sua devastação pelos invasores.
B. O Veredicto do Juiz: Culpado em Sete Enquadramentos. 5:8 -23.
8, 9. Culpado de ganância. Por execução de hipotecas e por forçar a venda de terras, os ricos proprietários adquiriam todas as fazendas Isaías (Comentário Bíblico Moody) 28 vizinhas para formar grandes patrimônios. Mas tudo isso lhes seria arrancado: suas mansões seriam abandonadas em ruínas fumegantes e suas férteis terras ficariam quase estéreis quando os invasores estrangeiros acabassem sua obra sinistra.
11-17. Culpado de frívolos divertimentos e dissipação viciosa. Eles se levantavam cedo, não para começar o dia com Deus em oração, mas para começá-lo com suas garrafas de bebidas, em bebedeiras. E terminavam o dia com bebedices e música. Ignorando a Deus e a Seus santos propósitos para suas vidas, seu castigo temporal seria o cativeiro, o exílio e a fome (v.13); e o seu castigo eterno seria a destruição no Hades (sheol) com todas as suas espalhafatosas possessões. Seus lindos patrimônios reverteriam em simples pastagens (v. 17). A justiça de Deus receberia inteira vindicação no seu destino (v. 16).
18,19. Culpado de materialismo cínico. Como adoradores de ídolos puxando o carro de um grande ídolo em uma procissão festiva, esses apóstatas arrastavam o ídolo de sua iniquidade, desafiando o Santo de Israel como se este fosse incapaz de intervir na história humana para exercitar a sua soberania.
20. Culpado de reverter os padrões da moralidade. Proclamavam a depravação do caráter como força viril e a impureza sensual como verdadeira virtude e poder.
21. Culpado de orgulho intelectual e auto-suficiência. Consideravam-se mais sábios que Deus e imaginavam-se mais experientes que as gerações do passado.
22. Culpados de indulgência alcoólica. Mediam a força pela dissipação e os excessos.
23. Culpados de corrupção. Vendiam a sua integridade por prata quando em exercício de cargos públicos e roubavam ao pobre inocente seus direitos legais nos tribunais.
C. A Sentença de Deus: Derrota e Devastação por um Inimigo Estrangeiro. 5:24-30. Isaías (Comentário Bíblico Moody) 29.

Como planta murcha, podre nas raízes, que subitamente se desintegra na baga, ou como restolho seco que subitamente começa a queimar ao contato da fagulha mais insignificante, assim tão rapidamente Israel se desintegrada. Sua secura espiritual brotava de sua rejeição insolente da Palavra de Deus (v. 24). Por isso o Senhor estende a sua mão (v. 25); isto é, seu poder miraculoso seria voltado contra eles e não contra os seus inimigos. Seus cadáveres jazeriam como lixo nas ruas. Os agentes desta vingança seriam os invasores de uma terra distante (a Assíria e a Babilônia, por exemplo) – e não da Síria ou outras terras vizinhas, – e seus ataques seriam espetacularmente súbitos. Os guerreiros inimigos seriam ferozes e cruéis, e seus exércitos engoliriam a Palestina como a maré alta. (Estas especificações se cumpriram em Nabucodonosor depois de sua vitória em Carquemis, em 605 A.C.). 
                                                                              (Comentário Bíblico Moody).



20 de janeiro de 2014



Isaías 5: 1-30

Sermão III. O Juízo e o Exílio Preparados para Israel. 5:1-30.

A. Produto Mau da Vinha do Senhor. 5:1-7.Cronologicamente, esta é a primeira vez que a vinha aparece como símbolo de Israel. No V.T, a figura toma a aparecer em Jeremias 12:10 e no Salmo 80. No N. T. ela aparece na Parábola dos Lavradores Perversos (Evangelhos Sinóticos), e, com adaptação especial, no discurso de Cristo sobre a videira e os ramos (Jo. 15). Meu amado talvez se refira não a Deus (pois este termo, dôd, não foi usado desta forma em nenhum outro lugar), mas a algum amigo de Isaías que sofreu tal desapontamento em sua vinha. Contudo, a maneira pela qual o profeta se identifica com este "amado" em Is. 5:4 indica uma união mística entre eles que melhor se aplica ao relacionamento de um profeta com Deus cujo porta-voz ele é.
Que pecado indesculpável foi o de Israel, produzir fruto tão mau quando Deus lhe concedeu todas as vantagens possíveis em uma terra linda e fértil! Seu inevitável castigo devia ser a remoção de sua cerca protetora e a sua devastação pelos invasores.
B. O Veredicto do Juiz: Culpado em Sete Enquadramentos. 5:8 -23.
8, 9. Culpado de ganância. Por execução de hipotecas e por forçar a venda de terras, os ricos proprietários adquiriam todas as fazendas Isaías (Comentário Bíblico Moody) 28 vizinhas para formar grandes patrimônios. Mas tudo isso lhes seria arrancado: suas mansões seriam abandonadas em ruínas fumegantes e suas férteis terras ficariam quase estéreis quando os invasores estrangeiros acabassem sua obra sinistra.
11-17. Culpado de frívolos divertimentos e dissipação viciosa. Eles se levantavam cedo, não para começar o dia com Deus em oração, mas para começá-lo com suas garrafas de bebidas, em bebedeiras. E terminavam o dia com bebedices e música. Ignorando a Deus e a Seus santos propósitos para suas vidas, seu castigo temporal seria o cativeiro, o exílio e a fome (v.13); e o seu castigo eterno seria a destruição no Hades (sheol) com todas as suas espalhafatosas possessões. Seus lindos patrimônios reverteriam em simples pastagens (v. 17). A justiça de Deus receberia inteira vindicação no seu destino (v. 16).
18,19. Culpado de materialismo cínico. Como adoradores de ídolos puxando o carro de um grande ídolo em uma procissão festiva, esses apóstatas arrastavam o ídolo de sua iniquidade, desafiando o Santo de Israel como se este fosse incapaz de intervir na história humana para exercitar a sua soberania.
20. Culpado de reverter os padrões da moralidade. Proclamavam a depravação do caráter como força viril e a impureza sensual como verdadeira virtude e poder.
21. Culpado de orgulho intelectual e auto-suficiência. Consideravam-se mais sábios que Deus e imaginavam-se mais experientes que as gerações do passado.
22. Culpados de indulgência alcoólica. Mediam a força pela dissipação e os excessos.
23. Culpados de corrupção. Vendiam a sua integridade por prata quando em exercício de cargos públicos e roubavam ao pobre inocente seus direitos legais nos tribunais.
C. A Sentença de Deus: Derrota e Devastação por um Inimigo Estrangeiro. 5:24-30. Isaías (Comentário Bíblico Moody) 29.

Como planta murcha, podre nas raízes, que subitamente se desintegra na baga, ou como restolho seco que subitamente começa a queimar ao contato da fagulha mais insignificante, assim tão rapidamente Israel se desintegrada. Sua secura espiritual brotava de sua rejeição insolente da Palavra de Deus (v. 24). Por isso o Senhor estende a sua mão (v. 25); isto é, seu poder miraculoso seria voltado contra eles e não contra os seus inimigos. Seus cadáveres jazeriam como lixo nas ruas. Os agentes desta vingança seriam os invasores de uma terra distante (a Assíria e a Babilônia, por exemplo) – e não da Síria ou outras terras vizinhas, – e seus ataques seriam espetacularmente súbitos. Os guerreiros inimigos seriam ferozes e cruéis, e seus exércitos engoliriam a Palestina como a maré alta. (Estas especificações se cumpriram em Nabucodonosor depois de sua vitória em Carquemis, em 605 A.C.). 
                                                                              (Comentário Bíblico Moody).



27 de maio de 2013

A paz que fez o homem chorar

Estava cansado, mais um dia de trabalho difícil e o que mais queria era chegar em casa e tomar um bom banho e relaxar a mente e o corpo. O ônibus lotado em plena sexta-feira na avenida Pompeia, horário de pico. Os pensamentos  viajavam por estradas inimagináveis, lugares  e tempos remotos, escondidos em sua mente tal qual um tesouro de valor imensurável. O dia estava quente e abafado, nem mesmo havia aquela brisa suave para refrescar. Eis que se aproxima um rapaz de óculos escuros e que se senta ao seu lado, sem nem ao menos pedir licença, o que já o deixou um pouco irritado “ Quanta falta de educação...”O tráfego continuava parado, quando o rapaz ao seu lado começa a ouvir uma música no celular em um volume suficientemente alto para deixá-lo nervoso. A música dizia assim “Os teus olhos me viram antes de nascer e desde cedo tens cuidado de mim...” Parecia ser uma música de crente ou algo parecido, mas mesmo assim aqueles versos foram deixando-o com uma fúria que não foi possível controlar. Com nenhuma educação dirigiu-se ao rapaz e esbravejou:- Será que você não vê que ninguém está a fim de ouvir essa música horrorosa?! O rapaz, muito sem graça, abaixou o volume, tirou os óculos escuros e disse assim:- Perdoe-me, é que não posso enxergar, por que nasci cego, só posso escutar e se o senhor prestou atenção no que diz a música, desde cedo Deus cuidou de mim, pois perdi meus pais quando ainda era um bebê, fui cuidado por minha avó e hoje volto do trabalho contente, graças à educação que me foi dada por ela, e uma das coisas de que ela sempre me lembrou foi de que devemos amar ao próximo como a nós mesmos. Peço-lhe mais uma vez perdão, não queria deixá-lo nervoso, mas mesmo não enxergando o seu rosto sinto que você é uma pessoa boa, só teve um dia ruim.Depois disso, o rapaz voltou a colocar os óculos escuros, enquanto o outro pedia-lhe licença, pois já ia descer. O ônibus foi embora, se perdendo naquele horizonte de carros e prédios da paisagem paulistana. Ele foi até uma praça, sentou-se e começou a chorar, a chuva começou a descer e não mais se sabia que quem chorava mais era o céu ou o próprio rapaz. Os seus olhos sãos não vislumbravam a paz que o outro, mesmo sem poder enxergar, conseguia vivenciar, apesar de todas as dificuldades pelas quais passou em toda a sua vida. Ele tinha paz. E você? Tem?

6 de julho de 2011

Coisas boas para o coração

Agradeço a sua visita especial

Este é mais um artigo que escrevi, espero que gostem e que alegre o seu dia.
Leia na íntegra clicando no link abaixo.

Diga Eu te amo àquela pessoa que faz o seu coração bater feliz;

Dê um abraço apertado e afetuoso no seu amigo querido;

Estender a mão ao seu próximo que está necessitado te fará muito bem;

Não deixe o medo te afligir, antes levante a cabeça e encare os desafios que a vida coloca diante de você;




Leia no oSabeTudo.com: Coisa Boas para o Coração | oSabeTudo.com

4 de julho de 2011

Talvez...

Escrevi este artigo. Se quiser lê-lo completo, é só clicar no link abaixo. Uma boa tarde a todos

Talvez a chuva molhe hoje o seu rosto e não lhe deixa ver o caminho que está diante de você

Talvez não seja os pingos do céu, mas suas lágrimas que vão caindo pelo chão, criando uma trilha de dor

Talvez queira falar, mas não há o momento em que precisa ouvir aquela voz lá no fundo do seu coração?



Leia no oSabeTudo.com: Talvez… | oSabeTudo.com

7 de fevereiro de 2011

Por que não diz algo?

"O silêncio é uma resposta que nem sempre tem o seu efeito benéfico, pelo contrário, traz medo e insegurança ao coração".

Frase de minha autoria

9 de dezembro de 2010

Um acróstico de amor


V
i um brilho diferente em teu olhar


I nundou meu coração de uma paz tão doce


V ida que fez florescer no jardim do meu coração


I luminou o meu caminho de uma áurea luz


A mor que pensei que não sentiria mais


N o teu abraço é que encontrei meu porto seguro

15 de novembro de 2010

Paz...


O texto abaixo é de autoria de uma pessoa muito especial, que conta sobre um momento importante de sua vida.


"Eu estou apaixonada pela minha casa, não quero mais sair dela, gosto de ficar contemplando o ambiente gostoso e saudável que construí. Os sons, as cores que fazem dela meu refúgio, meu porto seguro neste mundo. Sei que aqui não é o meu lugar, mas é o meu espaço onde descanso meu corpo, minha mente e muitas vezes minha alma. O lugar tem a minha cara, meu jeito, minha energia. Confesso que nem tudo ainda está no seu lugar, faltam algumas coisas, mas o mais importante eu tenho: PAZ!

Não quero mais sair daqui, quanto mais eu fico, mais eu quero ficar. Faço comida, quando tenho fome, como quando e o que eu tenho vontade, tomo um banho quente e um chá de erva cidreira, deito na minha cama aconchegante e sinto PAZ, muita PAZ! PAZ que exala de dentro de mim. Medito para manter esta energia. Nem o som da rua me incomoda mais, sei que o mundo acontece lá fora, mas a minha tranqulidade está aqui dentro, me sinto protegida pelos blocos de cimento.O barulho dos ônibus e dos carros me fazem lembrar que não estou só, mas sim estou comigo, a minha melhor companhia".



Vívian

8 de novembro de 2010

O que é ser amigo?

Ser amigo

Muitos são os amigos que vêm, mas poucos são os que ficam. Por que ser amigo é mais que uma companhia: é ser companheiro.

Ser amigo é mais que abraçar. É passar num abraço todo o amor e carinho.

Ser amigo não é estar presente em todos os momentos, mas fazer-se presente quando necessário.

Ser amigo é mais do que ser otimista. É ser convincente.

Ser amigo é mais que sair para curtir nos fins de semana. É estar presente tanto nos momentos tristes quanto nos felizes.

Ser amigo não é perdoar tudo. É saber relevar e compreender, quando possível, as falhas dos outros.

Ser amigo é mais que olhar junto na mesma direção. É olhar um para o outro e ver todos os defeitos e as qualidades, é amar os amigos pelos defeitos e as qualidades.

Ser amigo é se preocupar com o outro e não se importar em ouvir quando está pronto para sair ou quer ficar sozinho: "Vem aqui por favor, estou precisando de você." E ir mesmo com vontade de ficar, sem se arrepender disso.

Ser amigo é ser a esperança de alguém, ser amigo é ser a luz, é ser o guia, o protetor de alguém.

Ser amigo é ser amor, porque ser amigo não basta gostar ou querer bem. Para ser amigo tem que saber amar e saber a pureza e a doçura da palavra amor.

Para ser amigo tem que saber se doar e sentir a felicidade do reconhecimento do amigo, a felicidade do olhar terno e tímido, do abraço forte e agradecido.

Ser amigo é sentir-se amado por amar e ser feliz com o amor de alguém.

Ser amigo é começar ajudando e terminar sendo ajudado, porque amizade é uma troca.

Ser amigo é ser o companheiro de alguém, é ser o que faltava para que tudo fosse perfeito.

( D.A )

4 de novembro de 2010

Há um tempo...

O poeta português é um dos meus preferidos e sempre é uma ótima dica de uma boa leitura. Deixo aqui neste post um poema que recebi de um amigo e que gostei muito. Espero que apreciem.

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do
nosso corpo,
E esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos
lugares.
É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado,
para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Pessoa

5 de junho de 2010

O que mais quero...

Meu Desejo

Quero ser seu ombro amigo,
que sempre lhe dará abrigo...
Quero ser seu confidente,
e te ouvir atentamente...
Quero ser seu companheiro,
e me entregar por inteiro...
Quero ser seu conselheiro,
e te ajudar a seguir o seu roteiro...
Quero compartilhar de sua alegria,
nos seus momentos de euforia...
Quero ser sua fortaleza,
nos seus momentos de tristeza...
Quero que o toque de minha mão,
possa aliviar a sua tensão...
Quero te abraçar com carinho,
quando você precisar de carinho...
Quero te beijar docemente,
quando você se sentir carente...
Quero deitar a sua cabeça no meu peito,
e te acariciar do meu jeito...
E assim te fazer adormecer,
Como um anjo, sem nada a temer...
E quando você despertar,
Espero ver seu rosto brilhar,
Ao me dizer com fervor:
" Te amo tanto, meu Amor..."

Adalberto Furini

19 de janeiro de 2010

Vale muito ter um amigo

" Ter um Amigo "
Ter um amigo é maravilhoso!
Ser amigo de alguém é ainda melhor.
É como acordar pela manhã e sentir o sol a brilhar...
Amigo é alguém com quem nos sentimos bem.
Um amigo de verdade é muito mais que isso.
É alguém que pensa em você quando não estás por perto.
Alguém que bate com os dedos na madeira quando tens que fazer coisas difíceis.
Nunca se está realmente só quando se tem um amigo.
Um amigo ouve o que você diz.
Tenta compreender o que não sabes dizer.
Um amigo não está sempre de acordo contigo.
Amigo mesmo é aquele que te questiona e te obriga a pensar honestamente.
Um amigo gosta de você, mesmo que faças asneiras.
Um amigo ensina-te a gostar de coisas novas.
Amigo é alguém que tem sempre tempo para você.
Alguém que pensa em você, ouve-te e ajuda-te a descobrir quem realmente você é.
Alguém que te ajuda a descobrir coisas novas e interessantes.
Alguém que está com você e não tem pressa em te acompanhar.
Alguém em quem você pode acreditar.
Amigo é uma palavra bonita.
Na verdade é quase a melhor palavra.
Não vivas tão apressado que nem vejas que há alguém que quer ser teu amigo.
Quem é teu amigo?
Espero sinceramente que seja eu!
(D.A)

13 de janeiro de 2010

Um lugar em seu coração

UM LUGAR
BONITO

Às vezes, ou quem sabe até quase sempre, a gente gostaria de estar num lugar assim: longe do barulho, longe da fumaça do céu fabricada, longe das muitas falas, do trabalho do dia a dia, da rotina e longe das responsabilidades que nos aprisionam...
Dentro de nós criamos imagens de lugares que nos trazem prazer em nosso consciente.
Árvores muito verdes, um lindo lago ao redor como um vale, flores da primavera abertas como um tapete sobre toda a terra, uma casinha bem simples ao fundo e o sol dando a sua luz mais brilhante do dia...
Uma varanda pra gente simplesmente apreciar, e deixar nossa mente voar...
O som dos pássaros com a melodia mais pura, o borbulhar das águas da cachoeira que bem no fundo a gente escuta, o vento que sopra em nosso rosto, trazendo a esperança de novos rumos...
Ah! como é bom estar num lugar assim...e a gente até consegue estar nele, seja em sonhos ou de verdade...
Mas será que é o lugar que nos muda, ou é este lugar que tem que estar dentro de nós?
Vejo tantos a desejar estar num lugar como tal, que de tão bom, parece uma utopia, uma ilusão da vida...
Já parou pra pensar que de nada adiantará estar no melhor lugar do mundo se sua alma estiver em desassossego, e a paz não te acompanhar?
O mais lindo lugar se tornará feio, e toda a sua vida não terá sentido, pois o que te atemoriza não está no que pode ser visto, mas no que não pode...
Então primeiro precisas colorir o teu interior, tirar todas as farpas e pedras que só fazem te machucar e fugir...
Para onde vais? Como fugir da sua própria alma? Como sair deste labirinto?
Trata primeiro o teu coração, que de alma limpa todos os lugares serão bons...
Há um homem que não esteve em muitos lugares na terra, mas está em todos os corações se o homem assim quiser...
Se você já o conhece, mas ainda procura lá fora a solução de tudo, reverta esse processo: a solução está na mudança de dentro.
Mas se ainda não conhece Jesus de perto na intimidade, hoje sem dúvida é o dia...
O lugar bonito tem que começar no seu coração, na sua mente ...e para isso, Jesus Cristo tem a receita de mudança... e só Ele pode mudar por completo sem deixar marcas ou cicatrizes...
Diga a Ele: Senhor quero que meu coração seja sempre um lugar bonito e que minha alma e meu espírito reflita a vida Tua em mim; e ainda que eu esteja nos lugares e situações mais difíceis, dentro de mim quero que seja um lindo dia de sol, como uma linda paisagem de um pintor. Depois é só aguardar uma linda paisagem brotar e fazer nascer uma nova alma, um novo ser em você.
Nilma Coimbra

10 de janeiro de 2010

O amor...

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.
Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer
Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pra saber que a estão a amar!
Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!
Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...
Fernando Pessoa

2 de janeiro de 2010

Comece o ano encantando...

Me encante da maneira que você quiser,
como você souber.
Me encante, para que eu possa me dar...

Me encante nos mínimos detalhes.
Saiba me sorrir: aquele sorriso malicioso,
Gostoso, inocente e carente.

Me encante com suas mãos,
Gesticule quando for preciso.
Me toque, quero correr esse risco.

Me acarinhe se quiser...
Vou fingir que não entendo,
Que nem queria esse momento.

Me encante com seus olhos...
Me olhe profundo, mas só por um segundo.
Depois desvie o seu olhar.
Como se o meu olhar,
Não tivesse conseguido te encantar...

E então, volte a me fitar.
Tão profundamente, que eu fique perdido.
Sem saber o que falar...

Me encante com suas palavras...
Me fale dos seus sonhos, dos seus prazeres.
Me conte segredos, sem medos,
E depois me diga o quanto te encantei.

Me encante com serenidade...
Mas não se esqueça também,
Que tem que ser com simplicidade,
Não pode haver maldade.

Me encante com uma certa calma,
Sem pressa. Tente entender a minha alma.

Me encante como você fez com o seu primeiro namorado...
Sem subterfúgios, sem cálculos, sem dúvidas, com certeza.

Me encante na calada da madrugada,
Na luz do sol ou embaixo da chuva....

Me encante sem dizer nada, ou até dizendo tudo.
Sorrindo ou chorando. Triste ou alegre...
Mas, me encante de verdade, com vontade...

Que depois, eu te confesso que me apaixonei,
E prometo te encantar por todos os dias...
Pelo resto das nossas vidas!!!

Pablo Neruda

15 de setembro de 2009

Cuide de sua voz...

Fale com amor

A voz transmite os sentimentos
Alivia ou agrava
Acalma ou enerva
Suaviza ou irrita
Espalha o amor ou o ódio
Modele sua voz
Busque escutar-se
Fale sem afetação ou azedume
Se estiver pessimista, faça silêncio
Respeite os ouvidos alheios
Ponha bons sentimentos na voz
Escolha os assuntos
Fale de coisas sadias e alegres
Faça-a subir tão alto que exalte o amor verdadeiro e
Cante as esperanças da felicidade
A voz é um sublime dom que Deus nos deu para construir
A alegria e a paz
(D.A)

1 de setembro de 2009

Não sei....

Não sei... se a vida é curta...
Não sei...
Não sei...
se a vida é curta
ou longa demais para nós
Mas sei que nada do que vivemos
tem sentido,
se não tocarmos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
braço que envolve,
palavra que conforta,
silêncio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que sacia,
amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo:
é o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
não seja nem curta,
nem longa demais,
mas que seja intensa,
verdadeira e pura...
enquanto durar
Cora Coralina

8 de agosto de 2009

Pessoas e Pessoas

Há pessoas que surgem na nossa vida
mas não marcam
apenas passam
despercebidamente...
E quando vão embora
não deixam conosco
doces lembranças de outrora.
E há pessoas que marcam a nossa vida
de uma forma tão intensa...sem querer
que não sabemos o porquê
mas elas simplesmente não passam...
Permanecem enraizadas
feitas uma erva daninha
que quanto mais nós tentamos extirpar
mais ela caminha
e vai se aprofundando
sempre...e mais um pouco
no nosso coração penetrando
sem que possamos evitar.
Há pessoas que não saem da nossa vida
e mesmo sem estarem próximas
elas se fazem presentes
e ficam assim... eternamente
sem que exista jamais uma despedida
Porque são pessoas que marcam...
marcam para sempre
a nossa vida!

Para mim essas pessoas são os amigos

( D.A )

5 de agosto de 2009

Caminhe um pouco....

Estás cheio de problemas?
Sai a andar e desanuvia a cabeça.
Põe-te a caminho e olha para cima, para os lados, para a terra.
Entrega-te ao caminhar e, na medida que andas,
convence-te de que te encaminhas para algo melhor.
Enche
de ar puro os pulmões e, a cada passo, imagina que entram a força para trabalhar e fazer bem feito, a solução para os problemas, a calma nas decisões, o melhor relacionamento com os outros, a clareza nos objetivos, a compreensão das coisas, o aumento da liberdade, da esperança e da paz.
Enquanto caminhas por fora, caminhas por dentro.
A felicidade, para ser verdadeira, anda com um pé na alegria e outro na dificuldade.

Ânimo!

(D.A)


4 de agosto de 2009

Uma música que gosto...

A doce palavra chamada Amizade

Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.
Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um irá se lembrar do outro.
Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.
Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.
Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.
Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre


Albert Einstein

21 de maio de 2009

Olá...

Você é meu amigo?

Me empresta seu ouvido?
Hoje quero te falar da minha desilusão...
Da imensa desilusão de perceber o quanto o ser humano anda vazio de sentimentos nobres tais como: sinceridade, amizade, respeito, amor ao próximo e à si mesmo.
Hoje o que importa é o prazer pelo prazer, pessoas viraram números...
Está difícil encontrar amigos verdadeiros e leais, uma pessoa para se amar então, está quase impossível.
Você acredita no amor?
Eu quero continuar acreditando não só no amor entre um homem e uma mulher, mas no amor fraternal, verdadeiro, amor de amigos, amor de irmãos. Para onde estamos caminhando? Qual o nosso objetivo? O que nos interessa no outro? Sua vida, o que faz, o que sente? Ou o que ele pensa, no que acredita, o que ele espera da vida?
Eu estou te escrevendo isso porque te acho especial e acredito que você, assim como eu, ainda acha que nesse mundo conturbado, cheio de interesses, onde as pessoas "jogam" com os sentimentos alheios, ainda possamos encontrar pessoas especiais, pontos de luz, amigos verdadeiros...
Eu tenho certeza de que essas pessoas existem.
Sabe porque?
Por que te encontrei.

( D.A)

25 de abril de 2009

Além do céu azul

Há certas coisas na vida que a gente não entende
Ninguém pode explicar
Dentro do peito uma angústia que sufoca na garganta
A dor de dizer a verdade
Há tanta gente ao meu redor e eu procuro e não encontro
Alguém para conversar
Nos olhos nasce uma lágrima que procura um ombro amigo
E a mão que enxugue meu rosto
Mas aprendi sempre acreditar
Que Deus me ama e comigo está
Se a noite é fria Ele é abrigo certo
Nunca me deixa só
Me transportou em seus braços
Além do Céu Azul
Lenílton


De volta...

Faz um bom tempo, ou melhor, um mau tempo que não tenho postado nada novo no blog.Peço desculpas as pessoas que carinhosamente visitam-me nem que seja por poucos segundos.Eu não sei quem você é, o que faz, quais os seus sonhos, seus medos, mas quero dizer de coração:

"Você é uma pessoa única e capaz de realizar grandes coisas"

Que Deus te abençoe

28 de outubro de 2008

Você nunca esteve só...

Pensamento

Após um naufrágio, o único sobrevivente agradeceu a Deus por estar vivo e ter conseguido se agarrar a parte dos destroços para poder ficar boiando.
Este único sobrevivente foi parar em uma pequena ilha desabitada e fora de qualquer rota de navegação, e ele agradeceu novamente. Com muita dificuldade e restos dos destroços, ele conseguiu montar um pequeno abrigo para que pudesse se proteger do sol, da chuva e de animais e para guardar seus poucos pertences, e como sempre agradeceu.
Nos dias seguintes a cada alimento que conseguia caçar ou colher, ele agradecia. No entanto um dia quando voltava da busca por alimentos, ele encontrou o seu abrigo em chamas, envolto em altas nuvens de fumaça.
Terrivelmente desesperado ele se revoltou, gritava chorando: "O pior aconteceu! Perdi tudo! Deus, por que fizeste isso comigo?" Chorou tanto, que adormeceu, profundamente cansado. No dia seguinte bem cedo, foi despertado pelo som de um navio que se aproximava.

-"Viemos resgatá-lo", disseram.

-"Como souberam que eu estava aqui?", perguntou ele.

-"Nós vimos o seu sinal de fumaça"!

É comum sentirmo-nos desencorajados e até desesperados quando as coisas vão mal. Mas Deus age em nosso benefício, mesmo nos momentos de dor e sofrimento. Lembrem-se: se algum dia o seu único abrigo estiver em chamas,esse pode ser o sinal de fumaça que fará chegar até você a Graça Divina.

Para cada pensamento negativo nosso, Deus tem uma resposta positiva:

Você diz: "Isso e impossível" Deus diz: "Tudo é possível"(Lucas 18:27)

Você diz: "Eu já estou cansado" Deus diz: "Eu te darei o repouso"(Mateus 11:28-30)

Você diz: "Ninguém me ama de verdade" Deus diz: "Eu te amo"(João 3:16 & João 13:34)

Você diz: "não tenho condições" Deus diz: "Minha graça é suficiente"(II Coríntios 12:9)

Você diz: "Não vejo saída" Deus diz: "Eu guiarei teus passos"(Provérbios 3:5-6)

Você diz: "Eu não posso fazer" Deus diz: "Você pode fazer tudo"(Filipenses 4:13)

Você diz: "Dói" Deus diz: "Eu te livrarei da angústia"(Salmos 90:15)

Você diz: "Não vale a pena" Deus diz: "Tudo vale a pena" (Romanos 8:28)

Você diz: "Eu não mereço perdão" Deus diz: "Eu te perdôo"(I Epistola de São João 1:9 & Romanos 8:1)

Você diz: "Não vou conseguir" Deus diz: "Eu suprirei todas as suas
necessidades"(Filipenses 4:19)

Você diz: "Estou com medo" Deus diz: "Eu não te dei um espírito de medo" (II Timóteo 1:7)

Você diz: "Estou sempre frustrado e preocupado" Deus diz: "Confiai-me todas as suas preocupações"(I Pedro 5:7)

Você diz: "Eu não tenho talento suficiente" Deus diz: "Eu te dou sabedoria"(I Coríntios 1:30)

Você diz: "Não tenho fé" Deus diz: "Eu dei a cada um uma medida de fé"(Romanos 12:3)

Você diz: "Eu me sinto só e desamparado" Deus diz: "Eu nunca te deixarei nem desampararei" (Hebreus 13:5)

( D.A )

24 de outubro de 2008

Amor perfeito

(Letícia Thompson)

Não existe amor perfeito, se o coração não é perfeito.
Amor não se pesa, não se mede, não se avalia. Não se dá, não se perde,
não se rouba. O amor sozinho é suficiente a si mesmo. O que nos resta
é a nossa capacidade para entendê-lo, acolhê-lo e tomarmos conta dele sem
que possamos alterá-lo na nossa vida de alguma forma.
O amor se oferece a nós gratuitamente, como todo dom. Mas questionamos sempre.
E tropeçamos nas nossas pernas tentando moldá-lo ao nosso jeito, à nossa visão, à nossa vontade
como se ele fosse uma coisa qualquer que pudesse ser modificada.
Somos pequenos e o amor é grande; somos pequenininhos e o amor é imenso,
rico, cheio de mistérios e felicidades que nem podemos imaginar que existam.
E perdemos o amor porque perdemos a razão dele. Perdemos, porque perdemos o
senso de nos contentar com o que ele pode nos oferecer. Perdemos, porque
exigimos demais, cobramos demais, sufocamos demais.

Ser feliz no amor é guardar a capacidade de vê-lo feliz. Se fazemos dos nossos braços uma prisão em nome do amor, a quem fazemos feliz?
Com nossa insaciável sede de querer ter sempre mais do que a vida nos oferece acabamos sem nada, porque não soubemos valorizar o pouco, mas verdadeiro, que recebemos. Jogamos fora com nossas mãos o que nelas foi colocado
para ser bênção. E tudo isso porque somos humanos, seres feridos e cheios de cicatrizes, sangrados e machucados pelos percalços da vida.

Mas quando amamos muito uma pessoa precisamos aprender a deixar a própria dor de lado de vez em quando para estar do lado da pessoa amada, principalmente se sabemos que essa pessoa está ferida também.

E não é bom questionar o amor, mas vivê-lo; porque o amor em si, mesmo imperfeito, já é um presente sem preço.

10 de outubro de 2008

Cultive essa árvore...

Árvore De Amigos
(Autor Gogóia)

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples
fato de terem cruzado o nosso caminho.

Algumas percorrem ao nosso lado, vendo muitas luas passarem,
mas outras apenas vemos entre um passo e outro.

A todas elas chamamos de amigo.
Há muitos tipos de amigos.

Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles.
O primeiro que nasce do broto é o amigo pai e o amigo mãe.
Mostram o que é ter vida.

Depois vem o amigo irmão,
com quem dividimos o nosso espaço
para que ele floresça como nós.

Passamos a conhecer toda a família de folhas, a qual respeitamos e desejamos o bem.

Mas o destino nos apresenta outros amigos,
os quais não
sabíamos que iam cruzar o nosso caminho.

Muitos desses denominados amigos do peito,
do coração.
São sinceros, são verdadeiros.

Sabem quando não estamos bem,
sabem o que nos faz feliz...

Às vezes, um desses amigos do peito
estala o nosso coração
e então é chamado de amigo namorado.

Esse dá brilho aos nossos olhos,
música aos nossos lábios,
pulos aos nossos pés.

Mas também há aqueles amigos por um tempo,
talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora.

Esses costumam colocar muitos sorrisos
na nossa face,
durante o tempo que estamos por perto.

Falando em perto,
não podemos esquecer dos amigos distantes.

Aqueles que ficam nas pontas dos galhos, mas que,
quando o vento sopra, sempre aparecem novamente
entre uma folha e outra.

O tempo passa, o verão se vai,
o outono se aproxima,
e perdemos algumas de nossas folhas.

Algumas nascem num outro verão e outras permanecem
por muitas estações.

Mas o que nos deixa mais feliz é que as que caíram continuam por perto, continuam alimentando a nossa raiz com alegria.

Lembranças de momentos maravilhosos enquanto
cruzavam com o nosso caminho.

Desejo a você, folha da minha árvore,
Paz, Amor, Saúde, Sucesso, Prosperidade. ..
Hoje e Sempre...
simplesmente porque:

Cada pessoa que passa em nossa vida é única.

Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós.Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada.

Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.

15 de setembro de 2008

Um pouco de Neruda...

Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Escrever, por exemplo: "A noite está estrelada,e tiritam, azuis, os astros lá ao longe".
O vento da noite gira no céu e canta.
Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Eu amei-a e por vezes ela também me amou.
Em noites como esta tive-a em meus braços.
Beijei-a tantas vezes sob o céu infinito.
Ela amou-me, por vezes eu também a amava.
Como não ter amado os seus grandes olhos fixos.
Posso escrever os versos mais tristes esta noite.
Pensar que não a tenho.
Sentir que já a perdi.
Ouvir a noite imensa, mais imensa sem ela.
E o verso cai na alma como no pasto o orvalho.
Importa lá que o meu amor não pudesse guardá-la.
A noite está estrelada e ela não está comigo.
Isso é tudo.
Ao longe alguém canta.
Ao longe.
A minha alma não se contenta com havê-la perdido.
Como para chegá-la a mim o meu olhar procura-a.
O meu coração procura-a, ela não está comigo.
A mesma noite que faz branquejar as mesmas árvores.
Nós dois, os de então, já não somos os mesmos.
Já não a amo, é verdade, mas tanto que a amei.
Esta voz buscava o vento para tocar-lhe o ouvido.
De outro. Será de outro.
Como antes dos meus beijos.
A voz, o corpo claro.
Os seus olhos infinitos.
Já não a amo, é verdade, mas talvez a ame ainda.
É tão curto o amor, tão longo o esquecimento.
Porque em noites como esta tive-a em meus braços,a minha alma não se contenta por havê-la perdido.
Embora seja a última dor que ela me causa,e estes sejam os últimos versos que lhe escrevo.
Pablo Neruda

30 de agosto de 2008

Tudo é possível ao que crê....

MILAGRE PODE VIR POR TELEFONE

Deus nunca se engana!
Há uma igreja nos EUA chamada "Almighty God Tabernacle"
(Tabernáculo do Deus Todo-Poderoso).
Num sábado à noite o pastor dessa igreja ficou trabalhando até mais tarde e decidiu chamar sua esposa por telefone antes de voltar para casa.
Era por volta das 22h. A esposa não atendeu ao telefone, apesar do pastor deixar tocar várias vezes.
Ele pensou que sua esposa estivesse ocupada e continuou a fazer mais algumas coisas.Mais tarde, ele tentou de novo e sua esposa atendeu de imediato.
Ele perguntou por que ela não havia atendido antes e ela disse que o telefone sequer havia tocado.
O pastor ficou bravo, esquecendo-se de que deveria ser um marido compreensivo.
Na segunda-feira seguinte, o pastor recebeu um telefonema no escritório da igreja do número que ele havia discado no sábado à noite.
O homem com quem falava queria saber o por que o pastor havia ligado para ele no sábado.
O pastor não entendeu o que aquele homem estava dizendo.Então, o homem disse:
"O meu telefone tocou, tocou, mas eu não respondi."
O pastor então lembrou-se do engano e pediu desculpas por perturbá-lo, explicando que ele havia tentado falar com sua esposa.
O homem respondeu: "Tudo bem. Deixe-me contar minha história:
Eu estava planejando me suicidar no sábado à noite. Antes, porém, eu orei dizendo: Deus, se tu existes e estás me ouvindo e não queres que eu faça isso, dá-me um sinal, agora.
"Naquele momento, o telefone começou a tocar.Eu olhei para o identificador de chamadas e lá estava escrito: "Almighty God" (Deus Todo-Poderoso).
E eu fiquei com medo de atender!
"Nem sempre podemos saber a importância de um telefonema ou e-mail enviado a um amigo ou até por engano a alguma pessoa.
Não se chateie se, de repente, perceber que o fez por engano.

TENHA UM FELIZ DIA COM JESUS AO SEU LADO.

BOAS NOVAS!!

25 de agosto de 2008

Duas coisas importantes...

AMAR E PERDOAR...
O que é mais importante:
Perdoar ou pedir perdão?
Quem pede perdão mostra que ainda crê no amor.
Quem perdoa mostra que ainda existe amor para quem crê.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
É sempre importante saber que:
Perdoar é o modo mais sublime de crescer e pedir perdão é o modo mais sublime de se levantar ...
O que é mais:
Amar ou ser amado?
Amar significa tudo aquilo que todo mundo deve.
Ser amado significa tudo aquilo que todo mundo deseja.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que:
Ninguém pode querer amar sem se esquecer, e ninguém pode querer ser amado sem se lembrar de todos ...
O que é mais:
Abrir a porta ou abrir o coração?
Quem abre a porta mostra que vai receber alguém .
Quem abre o coração quer que ninguém fique fora.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que:
Abrir a porta é o modo mais delicado de ser bom, e abrir o coração é o modo divino de amar ...
O que é mais:
Ir à Lua ou ficar na Terra?
Quem vai à Lua vê mais um tanto de tudo que Deus fez.
Quem fica na Terra vê mais um tanto do que o homem pode .
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que:
Quem vai à Lua deve voltar à Terra, e quem fica na Terra deve ir aos outros ...
O que é mais:
Dar ou estender as mãos?
Quem dá mostra que se despoja de alguma coisa.
Quem estende as mãos mostra que quer alcançar alguém.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que:
Dar é um gesto de bondade, e estender as mãos é um gesto de bondade que sublima .
O que é mais:
Levar rosas ou enxugar lágrimas?
Quem leva rosas mostra que se lembrou de alguém na felicidade.
Quem enxuga lágrimas mostra que não esqueceu de alguém na infelicidade.
Mas não importa saber qual das duas coisas é mais.
E sempre importa saber que:
Levar rosas é um gesto de amor que todo mundo faz, e enxugar lágrimas é um gesto que só o amor faz a todo mundo !...
( D.A )

12 de agosto de 2008

Especial...

As Mulheres São Verdes
Conversando com um velho homem, um jovem desabafou:
- Há tanto tempo venho querendo conhecer uma garota e hoje, conseguindo falar-lhe por telefone, fiquei decepcionado
- Mas por que? - indagou o velho homem.
- Eu lhe perguntei timidamente como ela era e ela - rindo! - respondeu: Sou verde.
- E por que a resposta o chocou? - Ora, amigo, ela estava debochando de mim!
Ouvindo isso, o velho homem pôs-se a falar:
- Meu jovem, você não entendeu que ela estava se comparando a uma árvore
- Árvore? Como assim?!?
- Menino, as mulheres são como as árvores:
- Elas fincam raízes no solo dos nossos corações;
- Têm paciência e capricho com o próprio crescimento;
- Seus braços são poderosos e, ao abraçá-las, nossos espíritos recebem renovadas energias; - Elas amam e cuidam dos seus frutos, mesmo sabendo que um dia o mundo os levará para longe delas.
- Outras - aquelas que não dão frutos - oferecem sua sombra àqueles que necessitam de descanso;
- Quando açoitadas por fortes ventos da vida,elas emanam o perfume da força e da fé,acalmando-nos, por mais assustadora que seja a noite;
- Sua seiva são as lágrimas de dor ou de alegria quando em presença do machado ofensor ou do regador daqueles que as amam;
- Seus corações vão alto o suficiente para escutarem mais de perto os recados do céu;
- Elas reverdecem as florestas dos homens, as ruas das cidades, as avenidas, os acostamentos de estradas e as beiras de rios;
- Elas entendem o canto dos passarinhos e, mais do que ninguém, elas valorizam e protegem seus ninhos;
- Suportam melhor a solidão e as vicissitudes que a vida às vezes nos impõe;
- No mundo, elas nascem em maior número para que o verde da esperança jamais empalideça. - Meu menino, todas as mulheres são árvores, todas as mulheres são verdes.
" Ao final desse relato, refletiu o rapaz:
- Eu tenho um triste jardim no peito: nele está faltando uma árvore... ...e correu para o telefone mais próximo...
( D.A )

3 de agosto de 2008

A lição do carvalho


Era um velho carvalho no meio de um grande floresta. Há alguns anos, uma enorme tempestade o deixara quebrado e feio. Jamais conseguira se reerguer, como as demais árvores.
Quando a primavera chegava, o adornava de flores novas e verdes e o outono tomava o cuidado de pintá-las todas de cor avermelhada.
Mas os ventos inclementes sopravam e levavam todas as folhas e nada mais podia disfarçar a sua feiúra.
A árvore foi se sentindo esquecida, abandonada, sem utilidade. E um enorme vazio tomou conta dela.
Quando o vento do outono passou por ali, ela se lamentou: "ninguém mais me quer. Não sirvo para nada. Sou um velho inútil."
Mais alguns dias se passaram e, na proximidade do inverno, um pica-pau sentou-se em seu tronco e começou a bicá-lo, de forma insistente.
Tanto bicou que conseguiu fazer um pequeno furo, uma portinha de entrada para sua residência de inverno, no tronco oco do carvalho.
Arrumou tudo com muito bom gosto. Aliás, estava praticamente tudo arrumado. As paredes eram quentinhas, aconchegantes e havia muitos bichinhos que poderiam alimentá-lo e aos seus filhotes.
- Como estou feliz em ter encontrado esta árvore oca! Ela será a salvação para mim e minha família no frio que se aproxima.
Pouco tempo depois, um esquilo aproximou-se e ficou correndo pelo tronco envelhecido, até achar um buraco redondo, que seria a janelinha da sua casa.
Forrou por dentro com musgo e arrumou pilhas e pilhas de nozes que o deveriam alimentar durante toda a estação de ventos gelados.
- Como estou agradecido, falou o esquilo, por ter encontrado esta árvore oca.
O carvalho passou a sentir umas coisas estranhas. As asas dos passarinhos roçando em sua intimidade, o coração alegre do esquilo, suas patas miúdas apalpando o tronco diariamente fizeram com que a árvore se sentisse feliz.
Seus ramos passaram a cantar felicidade. Quando chegou a época das chuvas, deixou-se molhar, permitindo que as gotas escorressem por seus galhos, lentamente. Aceitou a neve que a envolveu em seu manto por muitas semanas, agradeceu os raios do sol e a luz das estrelas.
Tudo era motivo de felicidade. A velha árvore redescobrira a alegria de servir.
***
Ninguém há que nada possua para dar. Ninguém existe que não possa fazer algo a benefício do seu irmão. Um sorriso, uma prece, um gesto, um abraço, um agasalho, um pão.
Há tanto que se fazer na terra. Existem tantos aguardando a cota do nosso gesto de ternura. Ninguém inútil ou desprezível. Cabe-nos redescobrir a riqueza que em nós existe e distribui-la a quem dela necessite ou espere.
Se nos sentirmos solitários, em meio às dificuldades que nos alcancem, aprendamos a estender sorrisos nos caminhos por onde passarmos.
Antes de nos amargurarmos e cobrar gestos de carinho de amigos e parentes, antecipemo-nos e doemos a nossa cota de amor, ainda hoje, permitindo-nos usufruir a alegria de dar e dar-se.
( D.A )

25 de julho de 2008

Semente...


SEMEAR...
Quem planta árvores, colhe alimento.
Quem semeia flores, colhe perfume.
Quem semeia o trigo, colhe o pão.
Quem planta amor, colhe amizade.
Quem semeia alegria, colhe felicidade.
Quem planta a vida, colhe milagres.
Quem semeia a verdade, colhe confiança.
Quem planta fé, colhe a certeza.
Quem semeia carinho, colhe gratidão.
No entanto, há quem prefira,
semear tristeza e colher desconsolo,
plantar discórdia e colher solidão,
semear vento e colher tempestade,
plantar ira e colher desafeto,
semear descaso e colher um adeus,
plantar injustiça e colher abandono.
Somos semeadores conscientes,
espalhamos diariamente milhões de sementes ao nosso redor.
Que possamos escolher sempre as melhores,
para que, ao recebermos a dádiva da colheita farta,
tenhamos apenas motivos para agradecer.
( D.A )

20 de julho de 2008

Quando há....

AFINIDADE
Não é o mais brilhante,
Mas é o mais sutil,
Delicado e penetrante dos sentimentos.
Não importa o tempo, a ausência,
Os adiantamentos, a distância, as impossibilidades.
Quando há AFINIDADE,
Qualquer reencontro retoma a relação,
O diálogo, a conversa,
O afeto, no exato ponto
De onde foi interrompido.
AFINIDADE é não haver
Tempo mediante a vida.
É a vitória do adivinhado sobre o real,
Do subjetivo sobre o objetivo,
Do permanente sobre o passageiro,
Do básico sobre o superficial.
Ter AFINIDADE é muito raro,
Mas quando ela existe,não precisa de códigos
Verbais para se manifestar.
Ela existia antes do conhecimento,
Irradia durante e permanece depois que as
Pessoas deixam de estar juntas.
AFINIDADE é ficar longe,
Pensando parecido a
Respeito dos mesmos fatos que
Impressionam, comovem, sensibilizam.
AFINIDADE é receber o que vem
De dentro com uma aceitação
Anterior ao entendimento.
AFINIDADE é sentir com....
Nem sentir contra, sem sentir para...
Sentir com e não ter necessidade de
explicação do que está sentindo.
É olhar e perceber.
AFINIDADE é um sentimento singular,
Discreto e independente..
Pode existir a quilômetros de distância,
Mas é adivinhado na maneira de falar,
De escrever,
De andar,
De respirar.....
AFINIDADE é retomar a relação
No tempo em que parou.
Porque ele (tempo) e
Ela (separação) nunca existiram.
Foi apenas a oportunidade dada (tirada)
Pelo tempo para que a maturação
Pudesse ocorrer e que cada
Pessoa pudesse ser cada vez mais.
Artur da Távola